DIÁRIO.png
Sem título-1.png
blog 2.png

MP quer apuração de eventuais ilícitos eleitorais e comuns em eleição suplementar


Itatiaia, 23/03/2022 - No Rio de Janeiro, o Ministério Público Eleitoral (MP Eleitoral) requisitou à Polícia Federal (PF) a abertura de inquérito para investigar eventual prática de ilícitos eleitorais na eleição suplementar de Itatiaia, no Sul fluminense, realizada no último dia 13 de março. O inquérito requisitado à Superintendência da PF/RJ ficará sob a responsabilidade da Delegacia de Defesa Institucional (Delinst), que vai apurar se houve prática de compra de votos (corrupção eleitoral) e outros ilícitos eleitorais e comuns. A abertura do inquérito foi requisitada pela Procuradora Regional Eleitoral/RJ a partir de informações e possíveis provas colhidas por equipes do Ministério Público do Rio de Janeiro (Grupo de Apoio à Promotoria, GAP-VR) e da Corregedoria da Polícia Militar (PMERJ). No dia da votação, agentes escalados pela Justiça Eleitoral para apoiar a fiscalização do pleito apreenderam, dentro do carro do prefeito de Seropédica, cidade da baixada fluminense, estacionado na frente de uma pousada em Itatiaia, mais de R$ 15 mil e cadernos com nomes de supostos servidores de Seropédica. O MP Eleitoral pediu que a PF apure condutas do prefeito de Seropédica e de outros envolvidos em possível prática de compra de votos e intimidação de eleitores nas eleições suplementares no município de Itatiaia.


Fonte: Assessoria de Comunicação Ministério Público Federal na 2ª Região (RJ/ES) | Procuradoria Regional Eleitoral/RJ

VEJA TUDO:

 cidade    diário de itatiaia BLOG   cultura   esporte   política     polícia     vida social      colunistas      vídeos

+ MAIS NOTÍCIAS: