DIÁRIO.png
Sem título-1.png
blog 2.png

Comandante do Exército visita a AMAN - Academia Militar das Agulhas Negras

Atualizado: 14 de fev.


Resende, 09/02/2022 - Nesta quarta-feira, dia 9 de fevereiro, a Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) recebeu o Comandante do Exército Brasileiro (EB), General de Exército Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira. O Gen Paulo Sérgio chegou à Instituição de Ensino Militar no dia 8 de fevereiro, quando foi recepcionado pelo Comandante da AMAN, General de Brigada Paulo Roberto Rodrigues Pimentel. Na parte da noite, desse mesmo dia, esteve junto com os Instrutores e Monitores da Academia Militar no Clube de Subtenentes e Sargentos (CSSAN). O evento possibilitou que o Comandante do Exército conhecesse aquelas instalações, onde elogiou o alto padrão encontrado no Clube.

“Orgulho de ter sido Cadete”. Com essa célebre frase o Comandante do Exército iniciou a sua palestra. Destacou aos presentes, a alegria em poder voltar à Academia Militar e rever amigos de Turma de Formação (1980) e as novas gerações de Cadetes. “Passei por aqui em três ocasiões: no Curso Básico, ainda como Tenente; no Curso de Infantaria, como Capitão; e no Comando do Curso de Infantaria por três anos, como Tenente-Coronel, fatos estes ocorridos entre os anos de 1990 e 2002”.


Sobre o futuro do Exército, o Gen Paulo Sérgio enfatizou diversos projetos de inovação, tecnologia e emprego da Força – Projetos Estratégicos. A conquista da Certificação da Organização das Nações Amigas para nova atuação em missões de paz, a partir de 2023; a construção da Nova Escola de Sargentos do Exército; o Projeto Hospital Militar de Área de Brasilia; o Projeto Radares de Defesa Saber M200; a Escola de Inteligência Militar do Exército.


Para esses e outros projetos, o Comandante do Exército destacou a importância da Cesão e da Comunicação Estratégica. Trouxe, ainda, um pouco de sua trajetória de 48 anos de vida militar, como forma de incentivar o Cadete presente a seguir altivo na carreira. “Trago aqui minha história, destacando minhas passagens pela EsPCEx, AMAN e em tantas outras Organizações Militares, para mostrar, também, que nesse tempo todo sempre tive a família como minha base, minha força, além de salientar que, um dia, um de vocês estará aqui no meu lugar. Eu fui o número 25 entre 84 integrantes do curso de Infantaria e, há 10 meses cumpro a função de Comandante do nosso Exército”.


Ao final, Gen Paulo Sérgio demonstrou o orgulho pela composição do Exército, rico pela diversidade de seus homens e mulheres - “nós somos uma radiografia do povo brasileiro. E isso é muito bonito. Reforçamos nossa coesão”, finalizou.


ACADEMIA RECEBEU NOVOS CADETES


Neste sábado, dia 5 de fevereiro, Alunos da Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx), de Campinas, em São Paulo participaram da solenidade de passagem pelo Portão Monumental, Esplanada Ministro Dutra, na Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN). Trata-se de uma tradicional solenidade que visa celebrar um novo passo na formação desses jovens.


No total, 424 jovens participaram da tradicional solenidade, sendo 372 homens 38 mulheres brasileiros e 14 militares estrangeiros oriundos de Nações Amigas (3 República dos Camarões, 3 República do Senegal, 2 República da Namíbia, 2 República Socialista do Vietnã, 2 República Cooperativa da Guiana, 1 da República do Paraguai e 1 do Estado Plurinacional da Bolívia).


Além do Comandante da AMAN, o General de Brigada Paulo Roberto Rodrigues Pimentel, a cerimônia contou com a presença do Diretor de Obras Cooperação, General de Brigada Rogério Cetrim de Siqueira e do Comandante da EsPCEx, Coronel Flávio Moreira Mathias.

O Comandante da AMAN, General de Brigada Paulo Roberto Rodrigues Pimentel salientou a importância do evento: "A passagem pelos portões é um gesto carregado de simbolismo. A abertura dos portões significa pra vocês, novos Cadetes, uma nova etapa no Exército Brasileiro. A Academia tem muita honra em recebê-los.


Em razão da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), a cerimônia continua a ser restrita aos alunos e convidados. Em 27 de janeiro, a AMAN recebeu esses novos integrantes, que ficaram um ano Preparatória de Campinas. Em 2022, eles irão frequentar o Curso Básico da AMAN, que irá se fortalecer ainda mais com a chegada desses novos jovens. No segundo ano, poderão escolher entre as Armas, Quadro ou Serviço. No caso das Cadetes, as escolhas são pelo Serviço de Intendência ou pelo Quadro de Material Bélico. O ano de 2025 será quando os Cadetes da Turma Dom Pedro II serão declarados Aspirantes a Oficial. COMO SER UM CADETE? A formação do oficial combatente do Exército é feita em cinco anos. A porta de entrada é sempre o concurso da EsPCEx, que estará com inscrições abertas, a partir da próxima segunda-feira, dia 7 de fevereiro de 2022. Os quatro anos seguintes são realizados na AMAN, sendo a Instituição Militar a única a formar oficiais combatentes de carreira.

VEJA TUDO:

 cidade    diário de itatiaia BLOG   cultura   esporte   política     polícia     vida social      colunistas      vídeos

+ MAIS NOTÍCIAS: